sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

PSIQUIATRIA PARA QUEM?


Lamento, porque foram muitos os que alimentaram o sonho da AUTONOMIA. Muitos que foram perseguidos, incomodados e presos, antes do 25 de Abril, na sua luta por uma terra onde fossem os madeirenses a decidir o futuro. Um grupo apoderou-se e substituiu os colonos de então por novos SENHORIOS disfarçados de democratas. A luta, agora, visa devolver os direitos perdidos, embora plasmados no papel. Porque não não há AUTONOMIA com o cofre vazio e a mão estendida. Às 18:00 horas a verdadeira e digna Autonomia morre, por uns anos. Viva a luta da reconquista total. Quando o Presidente se apresta para o seu blá, blá, prefiro ouvir Mozart e não os disparates de que são outros a precisar de consulta psiquiátrica!

5 comentários:

Açor disse...

Nem Sócrates e o PS fariam (fizeram) melhor...
Não é verdade?
E não demora nada, teremos os Açores a tratar deste mesmo assunto. Nas mesmas circunstâncias da Madeira. Em default. Basta deixar chegar o timing certo: as eleições regionais onde César (descoberta a sua careca - a falência) irá dar o lugar ao PSD.
Duvida?

João André Escórcio disse...

Quero lá saber do Sócrates, do Carlos César ou de qualquer outro. O que tenho aqui é uma situação de quase bancarrota fruto de uma política a caminho de 40 anos.
E quero lá saber quem ganhará as próximas eleições nos Açores!
O que sei é que eles têm um território de 9 ilhas, distribuídas por 600 km, repito, 600 km, com tudo o que isso implica de desmultiplicação de serviços e de encargos e, no final, a dívida em conjugação com as PARCERIAS PÚBLICO-PRIVADAS é de 3,5 mil milhões e, aqui, com duas ilhas, temos uma dívida de 8 mil milhões se somarmos, também, as PARCERIAS PÚBLICO-PRIVADAS.
Quero saber é da minha terra. Do ponto de vista político-partidário, acredite que nunca tive e não tenho duas talas ao lado dos olhos.
Ainda há dias escrevi numa "quase defesa" do Presidente da República e não sabe os contactos que tive posicionando-se contra o que escrevi. Mas foi a minha consciência que assim ditou. Agora o que não posso é ser meigo com quem nos conduziu à desgraça, à pobreza e ao desemprego de 19.000 pessoas.

Anónimo disse...

Corrigir: Senhorios em vez de colonos!

amsf

Anónimo disse...

A mudança começa nas próximas eleições autárquicas ! Será o principio da derrocada deste regime caduco.....

João André Escórcio disse...

Obrigado pelos vossos comentários. Relativamente ao Caro amsf, eu diria que eles são senhorios na perspetiva do sistema de colonia, mas são "colonos" porque, embora madeirenses, impõem as regras que conduzem ao seu sucesso à custa de uma certa "escravização" dos demais. De qualquer forma, entendo e bem o seu excelente contributo. Vou reler e, porventura, corrigir o sentido. Obrigado.
Quanto ao "anónimo", apenas digo que será difícil, mas possível.