sexta-feira, 12 de julho de 2013

A EQUIPA DA "MUDANÇA" - O FUTURO DO FUNCHAL PASSA POR ESTA EQUIPA (IV)



ALÍCIA ABREU (Em cima à esquerda)
(Candidata a Vereadora com a área da Inclusão e Juventude)
Alícia Maria Faria Abreu, 48 anos, Professora, licenciada em Educação Especial pelo Instituto Politécnico do Porto e com Mestrado na área da Inovação Pedagógica pela Universidade da Madeira.
Nas suas palavras:
“Abracei este projecto porque acho que esta é a altura das pessoas de todos os quadrantes sociais, sobretudo as que não têm um passado na política, darem o seu contributo. A mudança de ideias e de práticas é, hoje, não só útil, como absolutamente necessária, e encaro este desafio como a forma ideal de cumprir o meu dever cívico. Acredito sinceramente no Paulo Cafôfo e sei que os elementos que compõem esta lista terão mesmo alguma coisa a acrescentar. Também por eles o meu envolvimento faz todo o sentido.”
MIGUEL SILVA GOUVEIA (em baixo à esquerda)
(Candidato a Vereador com a área da Eficiência Energética e Tecnologias)
Miguel Silva Gouveia, 36 anos, nascido no Funchal. Licenciado em Engenharia Electrotécnica e de Computadores pelo Instituto Superior Técnico da Universidade Técnica de Lisboa. Frequenta actualmente Mestrado em Gestão de Empresas. Percurso profissional exercido como Engenheiro Electrotécnico na área da gestão de redes de energia, é actualmente Coordenador do Serviço de Despacho e Condução da Empresa de Electricidade da Madeira.No associativismo, foi Vogal do Conselho Fiscal e Presidente da Direcção da Associação de Universitários Madeirenses de Lisboa, e Presidente da mesa da AG e Presidente da Direcção do Clube Maresia Porto Moniz.
Nas suas palavras:
“Aceitei o desafio proposto pelo Paulo em primeiro lugar por uma questão de coerência como meu discurso de incentivo à intervenção cívica e que esta não se resuma à vacuidade da crítica diletante. Em segundo por verificar que a ecléctica equipa que o Paulo reuniu está verdadeiramente empenhada numa mudança não só no discurso mas também na praxis, alicerçando um projecto colaborativo, transparente, positivista e integrador, onde se deve destacar a coragem e abnegação dos partidos constituintes desta coligação em delegar total autonomia programática a esta equipa. Por último, mas não menos importante, porque constitui um exemplo de cidadania participativa, de responsabilidade e de compromisso que esforço-me por transmitir aos meus filhos na esperança de que a sua geração colha os frutos desta "mudança" sob a forma de uma cidade mais livre, mais justa e mais solidária.”
MADALENA NUNES (Ao centro)
Candidata a vereadora com a área da Educação e Desporto)
Madalena Nunes, 57 anos, Professora com 35 anos de carreira, é licenciada em Filologia Germânica pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Tendo passado por cargos de direcção de escola, nomeadamente na EB 2/3 Bartolomeu Perestrelo, no Funchal, foi Vice-coordenadora do Sindicato de Professores da Madeira. É Vice-presidente da AGIM (Associação de Ginástica da Madeira) desde 2001.
Nas suas palavras:
“Vivemos numa era de mudança em todos os níveis: sociais, políticos, económicos e ecológicos. Sinto que só com a colaboração de todos é que construiremos um novo paradigma em que as pessoas e o meio ambiente não sejam esquecidos. Todos fazemos a diferença na mudança do metro quadrado à nossa volta. Agindo a nível local podemos ser agentes efetivos da mudança. Por isso, não fui capaz de recusar o convite que me foi feito para este tipo de participação cívica. Por outro lado, a união de vários partidos na tentativa de, na diversidade, encontrarem soluções diferentes que ajudem a “olhar pelas pessoas”, pareceu-me um excelente ponto de partida para este projeto, neste momento particular que o país e a região atravessam. Para além de tudo isto, a equipa que o Paulo Cafôfo reuniu, pareceu-me muito abrangente, garantindo a transparência, o rigor, a competência e a inovação.”
MAURÍCIO MARQUES (Em cima à direita)
(Candidato a Vereador com a área da Cultura e Indústrias Criativas)
Maurício Marques, 44 anos, natural da freguesia do Monte, é Licenciado em Comunicação Social com pós graduação em Gestão Cultural nas Cidades, foi jornalista do DIÁRIO, é consultor especialista em financiamentos comunitários à cultura, director de festivais culturais (Raízes do Atlântico, Madeira Dig, Cidades Eletrónicas) e produtor de diversos eventos. É membro da direção de diversas associações culturais na Madeira, Açores e Cabo Verde.
Nas suas palavras:
“Aceitei o convite do Paulo Cafôfo, porque vejo nele uma estratégia de mudança de paradigma para a gestão da cidade do Funchal, onde as pessoas, e não as infraestruturas e o betão, passam a ser o mais importante. Uma estratégia que irá permitir dinamizar uma cidade atenta à cultura, às ideias inovadoras e ao empreendorismo criativo; que olhe para o Atlântico como uma oportunidade e não como um problema, que alargue os horizontes das pessoas e devolva ao Funchal o prazer de viver sem amarras a um regime de partido único que a todos quer controlar e padronizar. 
ANDREIA CAETANO (Em baixo à direita)
(Candidata a vereadora com a área de Administração, Recursos Humanos e Património Municipal)
Andreia Drumond Caetano, 37 anos, licenciada em direito pela Faculdade de Direito de Lisboa, com pós-graduação em direito regional pela Faculdade de direito de Lisboa em parceria com a UMA. É advogada. Foi vogal do Conselho Geral da Ordem dos Advogados no triénio 2008 a 2010, e membro da Comissão de Protecção de Crianças e Jovens em risco nos anos de 2000 a 2002. 
Nas suas palavras: 
“Aceitei o desafio porque considero importante a Câmara do Funchal ser governada por pessoas que percebam e compreendam os reais problemas da população e que de forma séria e isenta os resolvam. Estou motivada e empenhada a dar o meu contributo.”

Sem comentários: