quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

ÀS 61 PROPOSTAS DO SENHOR ROBERTO SILVA, DEVERÁ ACRESCENTAR MAIS UMA: REPOR A PALMEIRA EXACTAMENTE COM A MESMA INCLINAÇÃO!


A equipa vencedora nas eleições autárquicas no Porto Santo, dos quatro anos que tem pela frente, ainda não está a governar há dois meses. Mas para o Senhor Roberto Silva (PSD), que teve responsabilidades na liderança do município durante vários anos, dois meses são mais do que suficientes para colocar em prática tudo o que ele próprio não fez ou não quis fazer, nesse período onde foi "rei e senhor" na ilha do Porto Santo. E zás, apresentou, segundo o DIÁRIO, uma lista de 61 propostas que espera ter acolhimento no orçamento municipal para 2014. Este homem é, politicamente, espantoso. Viveu durante vários anos à custa das obras da sociedade de desenvolvimento, deixou o município com dívidas, segundo depreendi, até as despesas com o(s) seu(s) advogado(os) quis que fosse a Câmara a pagar, pouco se ralou com o desemprego e com a situação das empresas, refugiou-se na Assembleia Legislativa, foi considerado culpado e punido pela queda de uma palmeira que vitimou duas pessoas, não obstante todo este quadro, tem a lata de exigir 61 propostas a quem anda às voltas com o cofre vazio e com os dramas sociais. Às 61 propostas, Senhor Roberto Silva, acrescente mais uma: repor a palmeira, exactamente com a mesma inclinação, a tal que vitimou duas pessoas.    


Quem não viu a inclinação da palmeira,
mesmo depois de ser notícia,
estará em condições de ver outras situações?

As declarações do Senhor Roberto Silva são politicamente hilariantes. Certamente que a consciência política dita terem valor as propostas apresentadas em campanha eleitoral pelo Dr. Filipe Menezes de Oliveira e vai daí toca a lembrá-las e a exigir cumprimento imediato. Não as realizou, mas exige que os outros cumpram. Uma vez mais ficou muito mal na fotografia! Um político que assim se comporta não tem as condições mínimas para ser político. O julgamento do povo, Senhor Roberto, será em 2017, não em 2014. Daqui por quatro anos a luta política exigirá que se apresente as "continhas do mandato", isto é, a verificação do saldo entre o que foi prometido e o que os responsáveis realizaram. Manda o bom senso que assim seja. Isto não significa que o PSD do Porto Santo não apresente propostas, mas não no tom e com a preocupação evidenciadas, quando se sabe que à esmagadora maioria delas o PSD não teve nem engenho nem arte para as concretizar ao longo dos seus mandatos. E mais o Senhor Roberto sabe, ou então pense lá um bocadinho, sobre quantas propostas da oposição foram chumbadas quando foi presidente! E também sabe, agora que é Deputado, o inevitável chumbo que levarão todas as propostas da oposição na Assembleia Legislativa da Madeira, face ao pior orçamento de sempre da Região apresentado pelo seu partido. E o Senhor Roberto vai ajudar a chumbá-las levantando-se ou sentando-se conforme estabelecido pela sua hierarquia política. Tenha a coragem e vote segundo a sua consciência. Quem se arvora em arauto e defensor da sua terra, quem apresenta propostas que não soube desenhar e desenvolver enquanto teve responsabilidades, para ser CREDÍVEL, repito, credível, terá então de votar, não digo todas, mas muitas das propostas da oposição na Assembleia onde está sentado. Se não o fizer, obviamente que não passará de um político, tipo pau-mandado, que apenas obedece ao "dono". Talvez porque esteja em causa um lugarzinho na lista de 2015!
Deixe a Câmara do Porto Santo trabalhar, senhor Deputado! Fiscalize ou mande fiscalizar a Câmara do Porto Santo, seja oposição decente e consistente, mas deixe-se de números circenses, embora a época seja propícia a circos com contorcionistas, equilibristas e palhaços!
Ilustração: Google Imagens.     

Sem comentários: