segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

ALERTA VERMELHO NA TAXA DE DESEMPREGO


A edição de hoje do DN-Madeira inclui um quadro que é muito preocupante. A Madeira apresenta uma taxa de desemprego de longa duração que é mais alta que a média do país e da UE. Obviamente que as causas são evidentes: a opção pela não diversificação da economia, a fragilidade dos sectores produtivos, o desinvestimento na política educativa (uma coisa é a escolarização, outra a educação), baixas qualificações profissionais, elevados encargos fiscais para as empresas e, entre outras, a crise financeira, face à qual a Região Autónoma não teve possibilidades de adequada reacção.

Deste quadro resulta que, ao invés do crónico paleio e da politiquice barata, o governo regional da Madeira, desde há muitos anos, deveria ter estruturado o crescimento e o desenvolvimento em estratégias completamente distintas relativamente àquelas que, teimosamente, seguiu.
Em um espaço geográfico limitado e finito optou, fundamentalmente, pela obra física, secundarizando os factores sustentáveis da economia. O resultado não poderia ser outro.
Ilustração: DN-Madeira, edição de hoje.

Sem comentários: