sexta-feira, 3 de outubro de 2014

ALBERTO JOÃO VS SENHOR SARAIVA E A "TOLERÂNCIA ZERO"


Disse o presidente do governo regional da Madeira:"TOLERÂNCIA ZERO" nas construções próximas das linhas de água. Alguém poderá levar a sério este presidente do governo regional da Madeira? Depois de tantos anos a permitir obras públicas em zonas de risco (até de bombeiros), de fechar os olhos a tantas construções, inclusive de natureza espontânea, autorizadas pelas câmaras PSD, de estar em curso um projecto de várias torres do hospital Dr. Nélio Mendonça, em cima de uma linha de água e com pareceres que desaconselham, depois de ter dito que os madeirenses têm de conviver com o risco, enfim, depois de tanta obra que um mínimo de bom senso mandaria ser prudente, vem agora falar de "tolerância zero". Quantos, entretanto, perderam a vida! Perguntemos aos especialistas, aos homens e mulheres de ciência, aos ambientalistas, aos geólogos, aos geógrafos, a tantos que chamaram à atenção qual foi a voz de retorno que tiveram. Só me recordo da ofensa, com palavras grosseiras, porque estavam contra o "desenvolvimento". Esta forma de fazer política não é séria. É uma palhaçada. Lembrei-me do senhor Saraiva e face a questão estúpida... "tolerância zero".

2 comentários:

jv disse...

Tolerância zero, há muito só para o Dr Jardim...

João André Escórcio disse...

Nem mais!