segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

O INÍCIO DO FIM DO "MASOQUISMO" ECONÓMICO E FINANCEIRO



"A Grécia vira a página da austeridade e deixa a Europa a fazer contas" - edição de hoje do PÚBLICO. O Povo é assim, sofre, sofre, até aplaude quem lhe vergasta, por vezes demonstra que até gosta, mas um dia diz chega! Agora, dizem, mas eles são corruptos, assentaram as suas vidas na fraude e na evasão fiscal, pois, e quem analisa as causas desses comportamentos? 
Os ventos da Grécia estão a espalhar-se e esta Europa ou muda ou será mudada. Os gregos elevaram a voz para tentar travar a dinâmica destrutiva. Ninguém aguenta a austeridade que favorece o anormal crescimento de milionários à custa da especulação financeira e do empobrecimento de milhões. A VIDA não é para aquilo que estamos a assistir. A VIDA tem de ser de luta, sim, de trabalho com deveres, mas com direitos, tem de ser de felicidade e de ESPERANÇA. 
Gostei da vitória do Syriza e oxalá que o "deus mercado" tome juizinho!
Ilustração: Google Imagens.

Sem comentários: