quinta-feira, 19 de março de 2015

DÍVIDAS AO FISCO E A LISTA VIP


Rua com todos os que fazem da DEMOCRACIA uma caricatura.


Ininteligível no plano da democracia, dos princípios e dos valores que lhe dão corpo. Já não falo se existem ou não figuras incumpridoras, as mesmas que exigem dos outros sacrifícios incomportáveis, de roubo nas pobres carteiras dos portugueses, apenas falo de transparência. Se todos são iguais à face da lei (dizem) pergunto que razão substantiva existe para que uns senhores façam parte de um grupo de direitos reservados?
O comum dos cidadãos questionará: o primeiro-ministro não sabia da tal listinha de pessoas ditas "importantes"? Ora, se sabia, é grave que não tivesse actuado; se desconhecia, denota que não tem controlo do aparelho da governação. E o que terá a dizer o Dr. Paulo Macedo (ministro da Saúde) que foi director-geral dos impostos entre 2004 e 2007? A tal listinha vem já do seu tempo de responsabilidades? E o Presidente da República dirá, agora, que essas são meras questões "político-partidárias"? Ou será que o seu nome se encontra na tal lista de "VIP's"?
Ilustração: Google Imagens.

Sem comentários: