domingo, 13 de dezembro de 2015

ALDEIAS PORTUGUESAS



Sinto felicidade por conhecer a quase totalidade das aldeias históricas de Portugal. Pelos menos as dos roteiros mais aconselhados. Tantas vezes procuramos lá fora tesouros que estão cá dentro. Há cidades por toda o Mundo que nos esmagam pela deslumbrante imponência do património histórico-cultural. Mas do Sul ao Norte de Portugal, encontramos espaços encantadores que remontam ao Século II a.C e seguintes, desde fortalezas, templos, conventos, aquedutos, pontes, calçadas, casas de xisto, atmosferas absolutamente contagiantes e deslumbrantes que não diria serem únicas, mas que também nos esmagam. Obviamente, para além das formas que a natureza nos proporciona. Gosto de fotografar a pedra no seu estado de pureza. A primeira, em cima, à esquerda, as volumosas pedras parecem duas caras encostadas. A última preciosidade que visitei foi a Aldeia da Pena, a 20 km de S. Pedro do Sul, com pouco mais de dez casas de habitação. Verdadeiramente espantosa.
Espreitei os meus registos fotográficos e aqui partilho um breve apontamento.

Sem comentários: