segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

ISTO NÃO VAI COM "REZAS" NEM COM COLUNAS DE PLASTICINA


"A Europa é gerida por uma ideologia dominante que não aceita alternativas" (...) Porfírio Silva (PS) ao Jornal I. A questão é saber como operacionalizar as mudanças políticas, com sensatez, equilíbrio e responsabilidade, quando os grandes meios de comunicação social se encontram nas mãos de quem não deseja a mudança ("os gestores dos media tornaram-se gestores das mentes"). A questão é saber, também, como chegar ao povo esclarecendo-o que não pode continuar a dar o chicote (entenda-se voto) àqueles que o maltratam com voz aparentemente doce. Novos equilíbrios são necessários.
Assunção Cristas, candidata a líder do CDS/PP, assumiu: "Rezo todos os dias, mais do que uma vez por dia". A declaração, absolutamente respeitável, que tem uma óbvia componente política (não havia necessidade, porque as convicções desta natureza devem ficar com cada um), espero que não seja no sentido da escravização a que temos vindo a assistir. É que a família europeia a que o CDS/PP pertence também "reza" para que nada mude.
Ilustração: Google Imagens.

Sem comentários: