terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

QUE EXAGERO! DEZ DEPUTADOS EM CANÁRIAS NAS JORNADAS ATLÂNTICAS


Soube-se ontem que a representação da Assembleia Legislativa da Madeira nas VIII Jornadas Atlânticas, que decorrerão entre 20 e 22 de Junho, nas Canárias, contará com a participação de 10 deputados do principal órgão de governo próprio da Região Autónoma da Madeira. A representação será constituída por cinco deputados do PSD, dois do CDS, um do PS, um do JPP e um do PCP. Há partidos com presença parlamentar que não irão participar nas jornadas. 


Independentemente de se questionar sobre o que resultou de benefício para a população da Madeira os encontros anteriores, entendo ser um exagero. Neste tipo de representação julgo que não se deveria olhar à proporcionalidade do hemiciclo, mas a todos os que representam o povo da Madeira. Neste pressuposto, um deputado por partido poderia e deveria ser a opção mais certa e menos onerosa. Admitindo a importância destes encontros face aos temas em debate ("Economias insulares da Macaronésia (turismo, comércio e sector primário)"; "Sustentabilidade energética, meio ambiente e recursos naturais"; "Transportes, comunicações, novas tecnologias e conhecimento" (presidido pela Madeira) e "Macaronésia como espaço cultural comum", em tempo de séria contenção financeira que a Madeira está a passar, julgo que seria de bom senso e respeito pela população que outra tivesse sido a opção. 
Sem qualquer miserabilismo, mas atendendo aos factos, só em Janeiro, a Madeira registou quase mais 1500 novas inscrições do Instituto de Emprego, o que fez disparar para 22.877 os desempregados registados. E nestes números não estão incluídos os que emigraram e os que se encontram em "formação" ou "estágios profissionais". Contradições a ter em consideração.
Ilustração: Google Imagens.

Sem comentários: