quarta-feira, 27 de abril de 2016

A LÍLIA BERNARDES FALECEU


Palavras para quê?
Morreu uma Amiga.
Morreu aquela que, de quando em vez, me telefonava para desabar ou para trocarmos uma opinião.
Morreu aquela que se dedicou ao jornalismo e fez da sua profissão uma bandeira de luta pela verdade.
Morreu aquela que foi, durante anos, ofendida, enxovalhada pelos poderes públicos e sacrificada na sua vida pessoal.
Morreu a Lília. Eu que tanto dela gostava! Que descanse em paz.

Sem comentários: