quarta-feira, 11 de maio de 2016

(DES)ACORDO ORTOGRÁFICO


Tanta celeuma em redor das declarações do Presidente da República sobre o "Acordo Ortográfico". Isto porque o Chefe de Estado português assumiu, durante a sua visita de Estado a Moçambique, que "(...) nós estamos à espera que Moçambique decida sim ou não ao Acordo Ortográfico. Se decidir que não, mais Angola, é uma oportunidade para repensar essa matéria", disse. O Chefe de Estado referiu, ainda, que "o Presidente da República, nos documentos oficiais, tem de seguir o Acordo Ortográfico", "mas o cidadão Marcelo Rebelo de Sousa escreve tal como escrevem os moçambicanos, que não é de acordo com o Acordo Ortográfico". Pergunto: que mal existe nestas declarações do Presidente da República? Do meu ponto de vista o AO deveria ser repensado. Tem custos elevados, pois tem. São crianças e jovens que foram induzidos na aprendizagem da nova escrita, mas também onde se juntam outros grandes interesses!!! 




Sem comentários: