quarta-feira, 16 de agosto de 2017

UM ARTIGO QUE TEM MUITO QUE SE LHE DIGA, PORQUE ATINGE 40 ANOS A FERRO E FOGO


O blog do regime fedorento
Era tudo dinheiro para o partido. Só que o partido está falido e o homem está rico

Por MIGUEL DE SOUSA, Deputado do PSD-Madeira, publicado na edição de hoje do DN-Madeira e aqui transcrito com a devida vénia.


Não sei se é o criador, o mentor, o escritor, o escrevinhador ou tudo isso.
Mas é dele e da cambada de gajos que ficaram de fora por falta de carácter e utilidade, dedicando-se apenas ao trabalho sujo que um regime, findo a sua validade, precisa fazer depois de se aguentar quase quarenta anos sem que alguém pudesse sequer piar. Até um simples e inexplicável soluço fora de tempo podia terminar com uma carreira promissora. O azar de um opositor se sentar na mesma mesa do Apolo ou se cumprimentarem num arraial popular. Pior era ter um qualquer primo na oposição.
Mesmo que ele não seja o escritor gosta ou, pelo menos, aceita o que é escrito, e possivelmente até incentiva e dá as principais orientações. Mas tenho para mim que ele é o autor ! Ninguém escreve assim todos os dias na sua vida!
De qualquer modo é a covardia do regime cessante. Elogiar pela frente, zurzir por detrás. Sem respeito pelos próprios, familiares e amigos.
O seu capataz político, financeiro e empresarial, o que ‘mamou’ sem escrúpulos nas suas barbas, e obviamente com o seu consentimento, é o porcalhão que ainda estrebucha para se vingar dos que se opuseram à pouca vergonha que orientou a sua conduta criminosa . Todos os negócios tinham de ser dele. Ou pelo menos dez por cento, se fossem grandes empreitadas.
Não dava entrevistas, não aceitava perguntas e tratava, abaixo de cão, quem ele achava que não pactuava com o seu estilo bruto e soez. O regime era seu. Até o chefe se atirava ao filho para atingir o pai.
Agora, o seu objectivo único é conseguir a sucessão dinástica para a situação presente. Mesmo com a distância táctica do infeliz sucessor, naturalmente morto com tal histórico familiar. Muito terá de fazer para apagar essa chaga.
O outro, o verdadeiro chefe, tão inteligente que ele é e nunca viu a permanente vigarice do seu braço corrupto. Do dono do blog. Nada ! O terror sobre as pessoas permitia tudo. Dava para ter imunidade total. O povo votava no líder amado e abria a caça ao tesouro por parte do Ali Babá do regime.
Quer se queira quer não, um blog fedorento, que saúda o regime corrupto anterior e condena e critica toda a renovação e limpeza consequente, só pode ser feito por quem está a mal consigo próprio. Definha na angústia do desprezo, da inutilidade e das acusações de tudo o que a tirania e a corrupção permitiram , esta mesmo que não directamente dele mas a mando do seu abutre mais directo.
Onde anda essa ave de rapina ? Fugido ? Escondido ? Auto-destruído ? Á beira do suicídio ? Só aparece no blog ? Ou anda a trabalhar para novos ataques e crimes a coberto de soluções políticas futuras que vem orientando ? Ainda não é tudo seu e, qual vampiro, certamente quer mais.
Como iletrado e covarde que é, põe alguém pago - foi assim com os discursos que berrou toda a vida - a escrevinhar um blog que espezinha quem teve a coragem de nunca ser cúmplice de tanta pouca vergonha feita. Um blog que agride quem ele odeia, os verdadeiros e honestos empresários da Madeira, a actual liderança do partido e do governo da terra, tudo sem direito a contraditório ou sequer defesa. O regime anterior tinha essa marca e, agora, vemos bem quem a promoveu.
Terá sido democrático um regime que tinha como coordenador e alma mater um bastardo tirano deste quilate?
Se há honra que sinto é desse bandido nunca me ter suportado porque sempre denunciei os seus abusos e golpes. Por isso a raiva de atitudes suas e agora do seu blog ! No anonimato do escrito sabujo e podre que o seu “chefe” de sempre, aquele que até lhe dava para ler textos manuscritos, não manda acabar.
Porque se não é o autor e se não está de acordo com o seu conteúdo execrável então imponha o seu estatuto e acabe ou mande acabar com aquela vergonha. Porque mesmo que não o escreva tem a sua cumplicidade ! Mancha o seu carácter. E toda a gente sabe que se não gostasse o mesmo já tinha acabado. Mas, também como todos pensamos, está na sua natureza. Ninguém muda com aquela idade ! E já não manda !
Afinal, este resquício escrito repugnante só mesmo produzido por aquele regime caduco banido pelo povo e orientado pelo cacique político que dizia o financiar.
Era tudo dinheiro para o partido ! Só que o partido está falido e o homem está rico !

COMENTÁRIO

Este artigo atinge o coração de um regime que, ininterruptamente, governa a Madeira há 40  anos. Mais do que qualquer alegada inimizade pessoal, trata-se de um texto perfeitamente identificável relativamente às pessoas em causa, e que clarifica, de dentro para fora, toda perversão democrática ao longo de sucessivos mandatos. Um texto a ter em conta.  

Sem comentários: