sábado, 27 de agosto de 2016

INTELIGÊNCIA E SOLIDARIEDADE


Convite à leitura do artigo do Padre Martins Júnior. Aqui fica um excerto:
"(...) À Igreja-Instituição, para não trair a sua essência constitutiva, não lhe resta senão entrar em campo, “sujar as mãos na lama, cheirar ao ‘perfume’ da ovelhas dos currais”, como ordena o seu actual Pastor Universal. A Diocese não pode refugiar-se apenas no pomposo biombo da Caritas “diocesana”, pois esta é fruto exclusivo dos bens públicos e privados. E onde está o contributo efectivo da Diocese? Que tem proventos nossos à sua guarda. E tem casas, prédios rústicos e urbanos que poderia ceder aos filhos seus, refugiados sem abrigo. É agora – é a hora da solidariedade inteligente. E, como se ouve a muita gente, não é com sermões e entrevistas publicitárias à Rádio do Vaticano. Devo aqui manifestar a minha estranheza quando ouvi que do Santuário de Fátima viria o contributo para as vítimas dos incêndios da Madeira: 50.000 euros. Ó senhores da religião mariana, saibam que a igreja do Padre José Luís Rodrigues, só ela, recolheu 10.000 euros. (...)"
Ler AQUI.
Ilustração: Google Imagens.

Sem comentários: