terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

"QUANDO OS JORNALISTAS SÃO O CENTRO DO PROBLEMA"


José Vítor Malheiros assina, na edição de hoje do "Público", um artigo que eu subscrevo na íntegra. De facto, chega a ser penoso e angustiante, sobretudo para quem acompanha, faz um esforço de estudo e de cruzamento dos vários aspectos das situações políticas, escutar tanta mediocridade, superficialidade e descarada preferência política. Ressalvo que há gente (jornalistas e comentadores) de muito bom conhecimento, profundos, de manifesta independência e que são capazes de nos fazerem reflectir sobre dados que nos escapam. Deixo aqui um excerto desse artigo:


"(...) Entendamo-nos: a imprensa, seja um jornal ou uma televisão, tem espaços de opinião e espaços de informação. Nos espaços de opinião, existem pessoas que são livres de defender as suas opiniões, quaisquer que elas sejam. Nos espaços de informação, da responsabilidade de jornalistas, espera-se uma abordagem isenta. Repare-se: isenta. Não uma abordagem que mostre “os dois lados da história” - porque uma história tanto pode ter dois lados como dez e porque dois sectarismos não são a mesma coisa que isenção - mas uma abordagem que explique o que está a acontecer, as consequências do que está a acontecer e que desmonte a propaganda.
Para desgraça de todos nós, o jornalismo é caro e o bom jornalismo mais caro ainda (porque exige profissionais de qualidade, equipas multidisciplinares com meios e tempo) e, por isso, a informação tem vindo a ser substituída com prejuízo por espaços com opinadores. O problema é que, não só a cobertura jornalística da política em geral é de um enorme sectarismo (muitos jornalistas são de direita e fazem propaganda das suas preferências políticas ou são maus e limitam-se a repetir o discurso hegemónico do poder, de direita) como os espaços de opinião estão invadidos por comentadores de direita ou do “centro” - alguns apresentados sob uma roupagem técnica como “economistas”, “politólogos” ou mesmo “jornalistas” - e estão praticamente desprovidos de uma visão alternativa. Qualquer jornalista sabe isto e sabe que isto é desonesto. (...)"
O texto pode ser lido neste endereço:
https://www.publico.pt/politica/noticia/quando-os-jornalistas-sao-o-centro-do-problema-1722761?frm=opi

Sem comentários: