sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

IGNORÂNCIA ATREVIDA


Todos ouvimos o primeiro-ministro dizer que as obras de Miró vão ser leiloadas, isto é, quer o povo queira ou não, queiram os intelectuais ou não, queiram os comentadores ou não. IGNORANTE!


Eu já não sei se isto é ignorância atrevida, se se trata de prepotência e arrogância no quadro do quero, posso e mando, tal como um cavalo sem freio nos dentes. Decididamente, demonstra estar nas tintas para a riqueza do País, para a oportunidade de juntar cultura à cultura, porque importante é vender, alienar, realizar dinheiro de qualquer forma e feitio, seja pela exploração do povo através da carga fiscal, através da repudiante atitude de rasgar os contratos estabelecidos com os trabalhadores da função pública (e não só), quer, ainda, pela entrega de vários sectores à iniciativa privada (se é bom para o privado, por que não será para o público?) ou, então, como é o caso em apreço, através da entrega de um património valiosíssimo, simplesmente porque a cultura não conta. Estou convencido que à ignorância se junta um pouco de tudo o resto. Quando vejo algumas destas figurinhas na televisão arrotando do alto da sua torre de marfim, dou comigo a dizer, para dentro, claro, uma série de obscenidades que exprimem repúdio político pelo que andam a fazer.
Ilustração: Google Imagens.

Sem comentários: