sábado, 3 de outubro de 2009

CHEIRA-ME A ESTURRO...

Mas, afinal, quem tutela a "Madeira Parques Empresariais"? Não é o Senhor Vice-Presidente do Governo? Estranha, ou talvez não, esta súbita atitude do Presidente do Governo Regional ao criticar a forma como aquele organismo, da responsabilidade do seu vice, tem gerido a ocupação dos solos infra-estruturados para fins empresariais. Cheira-me a esturro.
Mais do que sacudir a responsabilidade pelo inêxito dos parques industriais, atirando-se ao respectivo Presidente do Conselho de Administração, ao sublinhar que a Madeira Parques não precisa de pessoas "sentadas à secretária à espera que apareçam clientes", antes têm é de os "arranjar", estou em crer que o presidente atirou-se ao mais fraco para atingir o seu lugar-tenente. A curiosidade está em conhecer as razões. Desconheço-as, mas uma situação destas pode significar uma preparação do "terreno" para continuar para além de 2011. Para quem ama o poder o principal verbo a conjugar é "afastar". Absurdo? Talvez não. Situação que a seu tempo será clarificada.
O que não deixa de ser politicamente lamentável é que só agora o presidente do governo tenha percebido a situação dos doze parques existentes. Isto quando, desde há muito tempo e com visitas aos próprios locais, tantas posições têm sido assumidas pelos vários partidos da oposição, várias têm sido as iniciativas na Assembleia Legislativa, onde têm ficado claras as múltiplas causas que subjazem à ausência de interesse dos empresários. Portanto, dir-se-á, só agora?
Foto: Google imagens.

Sem comentários: