terça-feira, 8 de setembro de 2015

SINAIS DE ESPERANÇA



Todas as candidaturas merecem-me respeito. Sou, inclusive, contra a expressão "arco da governação", aliás, como aqui já escrevi. Todavia, Portugal atravessa um momento de grande complexidade que exige uma mudança clara na governação. E olhando para as tendências que o povo manifesta pelas sondagens(!), das duas, uma: ou existe uma grande concentração de votos no Partido Socialista ou o povo corre o risco de entregar a Passos Coelho e Paulo Portas mais quatro anos de sacrifícios que, hoje, se sabe, pelos indicadores, que de nada valeram. Outras terão de ser as políticas económicas, financeiras, sociais e culturais. Na Madeira, onde o Dr. Miguel Albuquerque já disse estar a 100% com Passos Coelho, portanto, também com Paulo Portas, do meu ponto de vista, a solução está em garantir que a repetição do filme da dupla austeridade severa não se repita. Há necessidade de negociar as políticas de tal forma que a Madeira saia a ganhar. Por isso, a minha opção, clara e inequívoca, é o voto na equipa do Dr. Carlos Pereira (PS).   

Sem comentários: